Início > Uncategorized > Reminicências…

Reminicências…

Ha alguns dias eu me desentendi com uma pessoa muito mediocre, que me fez mandar um e mail pra ela a situando um pouco, nem sei se surtiu efeito, pois acredito que ela nem deve ter entendido , mas relendo com calma esse e mail, ele me trouxe algo interessante, éque lembrei que hoje é um dia muito especial pra mim, pq faz exatamente 20 anos que pisei num palco pela primeira vez. Lembro exatamente daquele dia…eram 16:30, acompanhado do amigo Cesar Michiles na segunda flauta, e da pianista Heloisa Maibrada. Um trio de Franz Benda.

A emoção de entrar no palco, o frio na barriga… me trazendo lembraças longinquas, a primeira flauta que eu ouvi no ventre materno, Jean Pierre Rampal tocando o Adagio de Tomaso Albinone, depois o outro flautista de referencia era Roger Bourdin…. Lembro do primeiro desejo de tocar flauta, vetado pelo meu pai. E fiquei com aquilo preso dentro de mim, e nessa tarde de fevereiro, eu ia por tudo isso pra fora, eu ia tocar no palco, com publico me assistindo.

Lembro bem quando entrei , e dei as primeiras notas, algo se apoderou de mim, a musica falou, ali nascia James Strauss. foi um sucesso, embora o meu professor na epoca nao ficou muito contente por eu ter ornamentado as repetiçoes, algo queele não havia ensinado, na epoca eu o achava limitado, hoje eu sei que ele queria me dar disciplina, que eu realmente precisava. E de la pra ca tanta coisa aconteceu, lembro ate de um concerto no Theatro Santa Izabel, com o meu amigo Cesar Michiles, uma sonata de Handel para duas flautas…

Teatro cheio, e no meio de uma adagio…poetico….eu abri os olhos….e vi aquele ser no meio da plateia, pulando e andabdo…Um Rato gigantesco, tentei nao rir mas era engraçado, pois ninguem viu…

Alguns anos mais tarde, eu estava me diplomando pelo Conservatorio Pernambucano de Musica, primeiro flautista diplomado la em 63 anos de casa. Virei celebridade, sai no Jornal, sai na Globo, na BAND e no SBT. Logo depois veio a Recife um maestro Frances François Carry, e depois de um curso de música de câmara, apreciou muito minha interpretação de uma sinfonia de Gounod pra sopros, que tem um lindo adagio com solo de flauta, que eu estava particularmente inspirado.

E me agraciou com uma bolsa de estudosm integral para estudar em Paris, nesse mesmo ano, fui revelação do festival de inverno de Campos do Jordao, sai na globo denovo, dessa vez com o Mauricio Kubrusly, sai na Folha, no Estadão…em setembro estava em Paris….

Tenho saudade da inocencia daqueles anos , da criança James, em pensar que os sonhos que sonhei naquela época, que pareciam tão distantes , tenho quase todos realizados, por isso é bom sonhar grande, para ser grande. E perseguir os sonhos, ir atras, lutar por eles.



Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: